Conselho decidirá demarcação de terra indígena, diz ministra

Publicado em 07/01/2019 08:24
155 exibições

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos afirmou que a demarcação de terras indígenas no Brasil não será exclusividade do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no governo Bolsonaro. Em entrevista à Globonews, na noite de quinta-feira (3/1), Damares Alves afirmou que o Instituto cuidará da parte operacional, mas a decisão será colegiada.

“A partir de agora, não vai ser uma decisão de um único ministro, de um único funcionário, de um único órgão. Vem aí um conselho interministerial para decidir sobre a demarcação e eu estarei lá. Entre os ministérios, também vai estar o da Agricultura, porque o Incra está lá”, disse Damares.

De acordo com a ministra, esse conselho será integrado também pelas pastas da Mulher, Família e Direitos Humanos; Defesa, chefiada pelo general Fernando Azevedo e Silva; Meio Ambiente, comandada por Ricardo Salles; Justiça e Segurança Pública, do ministro Sérgio Moro; e Casa Civil, de Onyx Lorenzoni.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural

Fonte: Globo Rural

0 comentário