Farelo de soja: maior comprador de Minas é a Alemanha

Publicado em 15/02/2012 14:04 408 exibições
Embarque do produto em janeiro somou 20,1 mil toneladas.
Em janeiro de 2012, a Alemanha foi o principal destino das exportações mineiras de farelo de soja. De acordo com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), que analisou o  cenário revelado pelos dados do Ministério de Desenvolvimento e Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o mercado alemão adquiriu 20,1 mil toneladas do produto no primeiro mês deste ano.
“Este volume, registrado em apenas um mês, equivale a 11,1% de todo o farelo de soja destinado por Minas Gerais à exportação nos doze meses de 2011”, explica o secretário Elmiro Nascimento.     
As vendas do produto para a Alemanha, em janeiro de 2012, corresponderam a 81% das exportações totais de farelo de soja pelo Estado no mês. A receita gerada pelo mercado alemão foi de US$ 15,1 milhões. Esta cifra é 297,4% superior à registrada no primeiro mês de 2011 pela exportação de farelo de soja de Minas para aquele país.

Segundo Nascimento, os resultados da comercialização do farelo de soja de Minas na Alemanha, em janeiro, sinalizam para a expansão de negócios naquele mercado, que é o principal comprador de café produzido no Estado. “Em 2011, a Alemanha também adquiriu 22,4% do café exportado por Minas, cujas vendas totalizaram no ano a cifra de US$ 1,3 bilhão”, diz o secretário.
Ele acrescenta que “interessa ao setor de soja a expansão das vendas de produtos   resultantes do processamento, como o farelo, porque ainda temos a possibilidade de comercializar à parte o óleo extraído, que alcançou em janeiro a cotação de US$ 1,1 mil a tonelada no mercado internacional”. O secretário ainda observa que a venda de soja em grão,, transfere aos compradores a vantagem de fazer o processamento do produto e obter lucros adicionais com a comercialização do óleo e do farelo. 
As vendas globais do complexo soja (farelo, grão e óleo) por Minas Gerais, no primeiro mês de 2012, foram da ordem de US$ 19 milhões, cifra 208,6% maior que a de janeiro de 2011.

Produção aumenta
Conforme dados do IBGE, a produção mineira de soja, em 2012, deve alcançar 3,1 milhões de toneladas, uma progressão de 4,13% em relação à safra anterior. Essas projeções têm por base levantamento realizado pelo instituto em janeiro e analisados pelo Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias em Minas Gerais (GCEA/MG).

A região Noroeste responde por 39% da safra, seguida do Triângulo com 36% e Alto Paranaíba, com 19,2%. Unaí e Buritis, no Noroeste, são os maiores produtores, com safras estimadas de 363 mil e 252 mil toneladas, respectivamente. O município de Uberaba, no Triângulo Mineiro, tem safra prevista de 240 mil toneladas.
Tags:
Fonte:
Secr. Agricultura de MG

0 comentário