Soja: Preços sobem 4% em fevereiro

Publicado em 01/03/2012 10:49 505 exibições
Os futuros da soja encerraram o mês de fevereiro com valor médio 4,47% acima de janeiro em Chicago. As altas da oleaginosa foram sustentadas pelas quebras na safra sul-americana, principalmente no Brasil, Paraguai e Argentina. Além das perdas que comprometem a produção mundial, o aumento na demanda pela soja americana também contribuiu para as altas na Bolsa de Chicago.

Segundo informações do jornal Valor Econômico das médias mensais dos contratos futuros de commodities negociadas em Chicago (soja, milho e trigo) e em Nova York (algodão, açúcar, café e suco de laranja), os grãos apresentaram maiores ganhos nas cotações.

No início desta semana, o Oil World reduziu a estimativa da safra global de grãos em 19 milhões de toneladas em relação à safra passada, passando para 246,5 milhões de toneladas. Enquanto o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) projetou para baixo em 7% a colheita brasileira, em números finais de 70 milhões de toneladas.

De acordo com balanço da Comissão de Comércio de Futuros de Commodities até o dia 21 de fevereiro as posições compradas da soja haviam aumentado em 147%, de 35,3 mil para 88 mil contratos.

Apesar da influência do mercado financeiro na formação dos preços das commodities, a expectativa atual é de que as cotações rompam as projeções iniciais para 2012 devido à demanda chinesa, que segue aquecida, e a não ampliação da área plantada nos EUA.

Com informações Valor Econômico

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário