Soja: Oil World volta a reduzir estimativa para safra da América do Sul

Publicado em 20/03/2012 15:18 1612 exibições
A produção de soja da América do Sul será menor do que as últimas projeções por conta da estiagem que castigou as lavouras de importantes países produtores, principalmente o Brasil e a Argentina, como reportou hoje a Oil World. 

A consultoria alemã reduziu sua projeção para 120,6 milhões de toneladas. O volume previsto é bem menor do que as 136,5 milhões de toneladas produzidas no ciclo 2010/11. 

Os sojicultores brasileiros deverão colher cerca de 66,5 milhões de toneladas na safra 2011/12, número 1,5 milhão de toneladas menor do que a estimativa anterior da Oil World. 

De acordo com a consultoria, as condições adversas de clima provocaram uma baixíssima umidade no solo e acabou prejudicando a produtividade em alguns dos principais estados produtores, entre eles, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Além disso, perdas com a ferrugem asiática também já estão sendo consideradas. 

"Esta seca no RS está sendo considerada como a pior dos útlimos anos. E no Mato Grosso, o prejuízo causado pela ferrugem asiática é o mais grave em cinco anos e pode exceder 1 milhão de toneladas", informou a Oil World. 

A safra da Argentina deve cair para 46,5 milhões de toneladas ante a previsão de 49,2 milhões de toneladas estimadas em fevereiro pela consultoria. 

Já a projeção para a safra mundial foi reduzida de 265,8 milhões para 243,2 milhões de toneladas. 

"Agora estamos vendo que se confirmam as estimativas de que a produção mundial de soja irá registrar uma baixa sem precedentes. Nesta temporada, as perdas podem ficar entre 22 milhões e 23 milhões de toneladas", reportou a Oil World. 

Com informações da Bloomberg. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    Dia 28 de fev eu comentei sobre um a estimativa da Oil world,e predisse que fariam outras depois que seus interesses permitissem,pois fizeram,só que ainda não chegaram na verdade que eles sabem.Agora começa outro rally,depois apuram luccros ate nós vender-mos tudo,e como aconteceu com algodão no ano passado nos vamos estar somente a ver navios,(cheios de soja)

    0