Soja opera próxima da estabilidade e caminha de lado. Milho avança

Publicado em 23/04/2012 13:46 1023 exibições
O mercado internacional da soja caminha da lado nesta segunda-feira. Os futuros da oleaginosa fecharam o pregão noturno com leves baixas na Bolsa de Chicago e operam próximos da estabilidade na sessão regular. Por volta das 13h30 (horário de Brasília), os contratos mais próximos perdiam entre 1,75 e 6,50 pontos. 

Os traders enfrentam mais um dia sem muitas novidades que possam provocar oscilações muito forte nos negócios e, como explicou o analista de mercado Steve Cachia, da Cerealpar, aguardam para tomar uma nova posição técnica. 

Por outro lado, o anúncio do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) da venda de 165 mil toneladas de soja para destinos não revelados atua como suporte para que o recuo dos preços seja menos acentuado. 

Após as fortes e atípicas altas de terça-feira, ocasionadas por boatos que rondaram Chicago, o mercado exibe leves correções dos preços em um movimento de realização de lucros, haja visto que a tendência de alta continua no mercado. 
Porém, o financeiro negativo nesta segunda-feira impede que os preços voltem a subir. "O fato é que na soja a tendência é altista, mas com o financeiro em baixa, a atuação dos especuladores fica limitada hoje", disse Cachia. 

Esse sobe e desce do mercado já vem sendo registrado há alguns dias, com o mercado perdendo e ganhando entre as sessões. A volatilidade reflete a tendência altista do mercado pressionada por fatores como o próprio cenário financeiro e os dados sobre o plantio da nova safra dos Estados Unidos. As primeiras informações para o milho já começaram a sair e para a soja devem aparecer esta semana. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário