Soja: Oil World estima safra 11/12 da Argentina em 41 milhões de t

Publicado em 09/05/2012 07:46 e atualizado em 09/05/2012 10:27 1520 exibições
A Oil World reduziu mais uma vez, em duas semanas, suas estimativas para a safra 2011/12 de soja da Argentina. A nova projeção aponta para uma produção de 41 milhões de toneladas, um corte de 1,5 milhão de toneladas em relação aos números anteriores. 

Inicialmente, a colheita argentina estava estimada em 49 milhões de toneladas, porém, em função de uma das piores secas dos últimos anos as lavouras da América do Sul foram seriamente comprometidas e a produtividade drasticamente reduzida. 

Só em abril, os cortes feitos pela consultoria alemã na produção da Argentina totalizam 4 milhões de toneladas, em uma série de anúncios de redução. 

No último dia 3 de maio, a Bolsa de Grãos de Buenos Aires também reduziu suas estimativas para a safra do país, também para 41 milhões de toneladas, uma baixa de 2 milhões de toneladas. 

Atualmente, a Argentina é o terceiro maior exportador mundial de soja, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil. 

Brasil - No mesmo relatório, a Oil World afirmou ainda que pode cortar novamente a projeção para a safra brasileira também. Hoje, a projeção da consultoria é de uma produção de 65 milhões de toneladas. 

"Com a redução das ofertas da América do Sul, a demanda global por soja e produtos vai cada vez mais se voltar para a oferta dos Estados Unidos, de junho e julho de 2012 para frente", disse.

Com isso, a instituição afirma ainda que esse cenário pode impedir um recuo muito expressivo dos preços. "Os fundamentos de oferta altistas vão limitar o potencial de queda dos preços da soja e produtos no curto e médio prazo", disse a consultoria", disse a Oil World. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    Se fosse estimativa não podia errar tanto,isto é contagem.Bem, ainda falta reduzir mais umas duas mi ton.Trinta e nove,é um bom numero,sem geadas.E em se confirmando 25.mi ton a menor na sul americana,mais um aumento de demanda e reposição de estoques de uns 7 mi,menos estoques 2010 2011,de 50 mi,isto dá estoques de passagem de setembro menor que 20 mi.O USDA dia 10 vai ser interessante.

    0