Café: El Niño pode "proteger" lavouras brasileiras das geadas

Publicado em 10/05/2012 09:54 923 exibições
O El Niño poderá proteger os cafezais brasileiros das geadas este ano, segundo informaram alguns meteorologistas à agência Reuters. O fenômeno climático deverá trazer mais chuvas do que o normal para o cinturão produtor do grão no Sudeste. Com mais umidade, o risco de geadas é menor. 

Essas chances menores podem impedir que os produtores brasileiros sofram grandes prejuízos com o frio intenso e isso poderia ainda acalmar as cotações da commodity. No ano passado, os preços globais do café atingiram os mais altos patamares em 34 anos por conta das geadas. Em maio de 2011, o café chegou aos US$ 3 dólares por libra-peso em Nova York, atualmente, esse valor foi a reduzido a uma média de US$ 1,73. 

Ainda de acordo com a Reuters, os riscos de uma geada destruidora são cada vez mais raras no Brasil. Os cafeicultores migraram para áreas mais quentes em relação ao ano passado e foram atingidos apenas por pequenos fenômenos de frio duas vezes, quando o país enfrentava uma safra de ciclo baixo. 

Por outro lado, o mesmo El Niño que pode "proteger" o café das geadas pode comprometer a qualidade dos grãos se as chuvas excessivas ocorrerem na época da colheita. Precipitações mais fortes do que o normal em um período tradicionalmente seco do inverno podem danificar o café. 

Em 2009, os cafeicultores sofreram com essas chuvas persistentes, porém, isso não deve se repetir esse ano, de acordo com meteorologistas. Exportadores e analistas dizem esperar uma das maiores safras da história. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário