Soja: Mato Grosso já é responsável por quase 10% da produção mundial da oleaginosa

Publicado em 31/05/2012 11:15 720 exibições
De acordo com informações do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), as 21,681 milhões de toneladas de soja colhidas na safra 2011/2012  no estado do Mato Grosso já representam 9,2% da produção mundial, e 32,5% da safra brasileira. Para o setor produtivo, o fato só vem a provar que Mato Grosso possui capacidade de produzir tanto para o consumo interno no Brasil como para ajudar na demanda mundial.

Conforme os dados do Imea, divulgados durante a apresentação da Conjuntura Econômica 2012 de Mato Grosso, as 12,094 milhões de toneladas de milho representam na produção nacional 18,4% e 1,4% na mundial. Já o volume de algodão (4,597 milhões de toneladas projetadas) deve significar 50,5% do total colhido no Brasil e 3,7% mundialmente. O arroz, mesmo com queda de 35% na produção ante a safra 2010/2012, com suas 518 mil toneladas em 2012 deverá ter uma representatividade de 4,4% na produção no país e de 0,1% na produção mundial.

“Em 2011 exportamos apenas 47% das 20,5 milhões de toneladas que produzimos, o restante ficou dentro do país. Tais dados só provam que Mato Grosso produz tanto para o consumo interno e no Brasil e ainda ajudar a demanda mundial que a cada dia cresce”, diz o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado.

PECUÁRIA

Na cadeia da pecuária,as projeções tambem são significativas. A previsão é que sejam produzidas 1,402 milhões de toneladas de carne em Mato Grosso, o que representaria 15,5% da produção nacional e 2,5% do mundo.Em carne de frango 511 mil toneladas devem ser produzidas, 4% da produção nacional e 0,6% da mundial. Já para a carne suína acredita-se em 194 mil toneladas, que representariam 6% e 0,2% da produção nacional e mundial, respectivamente. O leite mato-grossense possui apenas uma fatia de 0,1% na produção mundial e 2,5% da nacional, e a  estimativa para 2012 é que 762 milhões de litros sejam produzidos.

Com informações da Folha do Estado

Tags:
Por:
Thaís Jorge
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário