Soja opera com forte baixa sentindo peso do financeiro negativo

Publicado em 31/05/2012 12:24 1001 exibições
Nesta quarta-feira, o mercado internacional da soja voltou a mostrar estar na defensiva ainda sentindo a pressão do mercado financeiro e da alta do dollar index. O dólar comercial também opera em alta hoje, apesar de ter iniciado o dia em queda, focando, segundo analistas, a expectativa com o fechamento da taxa Ptax do mês e os preços das commodities em queda como motivos para os ganhos.

O macrocenário registra mais um dia ruim por conta das incertezas sobre a economia na Zona do Euro, com a saúde financeira dos bancos preocupando os investidores, e também com a divulgação de dados sobre os Estados Unidos que acabaram frustrando o mercado. 

Com isso, a aversão ao risco continua permeando os negócios e trazendo mais cautela aos traders, que buscam migrar para ativos mais seguros, como é o caso da moeda norte-americana, por exemplo. Esse movimento acaba pressionando as cotações das commodities, não só agrícolas, uma vez que provoca uma saída dos fundos de investimento do mercado. 

Paralelamente, o mercado da soja ainda sente uma pressão negativa vinda das condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento da nova safra dos Estados Unidos e também da ausência de novidades, especialmente sobre a demanda. 

Por volta das 12h20 (horário de Brasília), os principais vencimentos da oleaginosa recuavam quase 30 pontos. O contrato julho era cotado a US$ 13,44, perdendo 28,50 pontos. O milho e o trigo também recuavam, porém, com perdas bem mais modestas. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário