Soja: Competição pelo farelo entre consumo interno e exportação aumenta

Publicado em 05/06/2012 09:35 840 exibições
FARELO DE SOJA X SUÍNOS: Neste ano de 2012 o farelo de soja teve uma disparada no preço, resultado da demanda de países europeus e do Leste Asiático, aumentando 46,2% desde o início do ano, valor que atingiu R$ 900,00/t em Rondonópolis na última semana de maio. Para o produtor de soja este fato é benéfico, pois as esmagadoras recebem mais pelo farelo e, consequentemente, pagam mais pela oleaginosa comprada na fazenda. Por outro lado, o suinocultor depende também deste farelo de soja e passa a travar uma acirrada disputa pelo produto com o mercado para exportação. Essa disputa faz com que os custos com alimentação para produção de suínos aumentem ao longo do ano, observados pela relação quantidade de quilograma de suíno vivo para compra de farelo de soja. No final de 2011, 1,0 kg de suíno comprava 4,5 kg de farelo, porém, com a valorização desta proteína vegetal, em maio, 1,0 kg de suíno compra apenas 2,2 kg de farelo, ou seja, o custo com farelo de soja aumentou 100% no período. O que fortaleceu o mercado da soja é o mesmo que enfraqueceu o mercado de suínos, a exportação. O mercado pode dar voltas e, fortalecer as exportações mato-grossenses de suínos, poderá salvar a produção de soja quando a balança se inverter.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário