Chicago: Apesar de recuperação, soja fecha a semana no vermelho

Publicado em 08/06/2012 17:24 1161 exibições
Em uma sexta-feira de bastante volatilidade, a soja encerrou os negócios em baixa na Bolsa de Chicago. Durante o pregão, os futuros da oleaginosa chegaram a operar com baixas próximas dos 20 pontos, se recuperaram, trabalharam em território misto, mas voltaram a recuar e fecharam no vermelho. 

Nesta quinta-feira (7), a soja disparou e fechou o dia com mais de 40 pontos de alta refletindo bons fundamentos e novidades sobre a demana. Já na sessão desta sexta, os negócios foram marcados pela realização de lucros, inevitável depois do forte avanço e das incertezas que ainda rondam o mercado. 

O cenário macroeconômico voltou a pesar sobre o mercado de commodities agrícolas. A situação na Europa ainda é preocupante e não há sinais de medidas concretas que pudessem conter de forma eficaz a crise no continente. Isso acaba trazendo de volta a aversão ao risco que afasta os investidores de ativos mais voláteis e sensíveis, como as commodities. 

Além disso,analistas afirmam que os participantes do mercado também deverão retirar parte dos prêmios de risco climático  que foram adicionados nos últimos dias, já que apostam em uma mudança nas condições para os próximos dias.

O mercado futuro da soja ainda é bastante incerto e deverá continuar assim na próxima semana, como explicou o analista de mercado Daniel D'Ávilla, da New Edge Consultoria, direto de Nova York. "Não acredito que seja um mercado que deva cair muito, mas ainda tem bastante coisa pra acontecer", disse. O analista afirma que será necessária atenção para o desenrolar do cenário econômico mundial, do clima nos Estados Unidos e dos próximos dados que serão divulgados sobre a safra norte-americana 2012/13. 

Na próxima terça-feira, 12, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga seu novo relatório de oferta e demanda e os números deverão trazer movimento ao mercado internaciona de grãos. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário