Oil World: Safra 12/13 de soja da América do Sul deverá ser recorde

Publicado em 19/06/2012 15:01 783 exibições
Os principais produtores de soja da América do Sul - Brasil e Argetina - deverão plantar safras recordes de soja na temporada 2012/13. Essa projeção da Oil World reflete uma expressiva melhora nas expectativas para os lucros, que farão com que os agricultores deixem de produzir grãos para dar espaço à oleaginosa.  

O Brasil, maior produtor e exportador mundial depois dos Estados Unidos, deverá plantar cerca de 26,4 milhões de hectares na próxima safra, 5,4% a mais do que o espaço do ciclo anterior. Em contrapartida, a área do milho poderá recuar 4,1%, passando para 14,5 milhões de hectares. 

Na Argentina, terceiro maior produtor mundial, a projeção da Oil World é de que a área de soja totalize 19,6 milhões de hectares, sinalizando um aumento de 5,8% em relação à temporadas 2011/12. A produção do país pode chegar a um volume recorde entre 54,5 milhões e 55,5 milhões de toneladas. 

"Os produtores na América do Sul estão ficando mais entusiasmados sobre o cultivo da soja, conseguindo uma vantagem com os menores custos de produção em relação ao cultivo de grãos e também por conta da expectativas bastante positivas sobre os preços. Muitos até já começaram a comercializar suas safras de 2013", disse a Oil World. 

Só este ano, os preços da soja subiram 10% na Bolsa de Chicago, enquanto o milho apresentou um recuo de 20% e o trigo registrou mudanças pouco significativas. O rally da oleaginosa se deu por conta da quebra da safra 2011/12 na América do Sul em função da seca e da aquecida demanda chinesa. 

Com informações da Bloomberg.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário