Soja inicia semana com forte alta. Clima seco nos EUA impulsiona mercado

Publicado em 25/06/2012 09:01 e atualizado em 25/06/2012 11:08 2325 exibições
Os futuros da soja, do milho e do trigo iniciaram o primeiro pregão desta semana operando com fortes e significativos avanços na Bolsa de Chicago. Por volta das 8h30 (horário de Brasília), a oleaginosa operava com ganhos de mais de 30 pontos contratos mais próximos e mais de 40 pontos nas posições de longo prazo. O milho e o trigo subiam mais de 20 pontos.

Como já vinha sendo dito pelos analistas na última semana, o mercado é climático agora. As altas temperaturas e o tempo seco nos Estados Unidos criam o temor de uma redução da produtividade nas lavouras norte-americanas e, principalmente no caso da soja, podem ajustar uma oferta que já se encotra preocupantemente escassa. 

O que vem movimentando o mercado são os mapas climáticos divulgados constantemente. "É um mercado extremamente climático, que está negociando a cada novo mapa", disse Pedro Dejneka, analista de mercado da PHDerivativos, direto de Chicago. 

Isso fez com que, na última sexta-feira (22), os preços passassem de ganhos de mais de 20 pontos a um fechamento com módicos 4 pontos nos principais vencimentos com mapas divulgados no final da tarde indicando a presença de chuvas em alguns pontos produtores.

No entanto, como disse Dejneka, caso os mapas de domingo (23) sinalizassem mais dias secos e quentes nos Estados Unidos, poderíamos ver os preços tomando um novo fôlego e registrando expressivas altas, como são vistas hoje.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário