Publicidade

China: Demanda por soja segue aquecida e pode aumentar nos próximos meses

Publicado em 16/01/2013 14:23 783 exibições
As esmagadoras de soja da China, maior comprador mundial da oleaginosa, aumentaram suas compras na semana passada depois que a demanda crescente por ração por animal aumentou os lucros das margens de processamento. As informações partem de uma pesquisa feita pela agência internacional de notícias Bloomberg. 

Segundo o levantamento, companhias teriam ordenado 30 carregamentos dos Estados Unidos ou da América do Sul, o equivalente a cerca de 1,8 milhão de toneladas. 

Um dos motivos para esse aumento das  margens de esmagamento são os menores preços dos embarques adquiridos em dezembro, disse a analista da agência chinesa Shanghai JC Intelligence, Monica Tu. Os esmagadores podem travar seus lucros em até cerca de US$ 32 por tonelada de soja processada nos próximos dois meses, completou. 

"Os comerciantes estão garantindo embarques para os próximos dois meses" por conta de uma ameaça de falta de suprimento e ainda da limitada capacidade logística da América do Sul, disse uma analista da agência chinesa Shanghai JC Intelligence, Monica Tu.

Outro fator é o aumento do consumo de farelo de soja na China com os produtores engordando seus rebanhos de suínos antes do feriado Lunar, o qual acontece em fevereiro, quando a demanda por carne suína aumenta. 

Cancelamentos - Desde o dia 18 de dezembro de 2012, a China cancelou os embarques de 1.16 milhões de toneladas, de acordo com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), o que aumentou as preocupações com um possível desaquecimento do consumo. 

Entretanto, compras recentes feitas pela nação asiática já indicam que a demanda permanece aquecida diante de um declínio dos estoques norte-americanos. 

Os cancelamentos reportados pelo departamento podem ter sido feitos, segundo a analista, para influenciar o mercado ou até mesmo para trocar a origem da soja para a América do Sul. "A demanda da China por soja continua muito boa", disse Monica.  
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário