Soja: Mercado recupera perdas e fecha o dia com leve alta na CBOT

Publicado em 28/01/2013 17:11 941 exibições
Após uma sessão bastante volátil, os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago encerraram os negócios desta segunda-feira (28) em alta, recuperando parte das perdas registradas ao longo do dia. Os ganhos nos principais vencimentos ficaram entre 4 e 6 pontos. 

O mercado internacional da soja iniciou a semana operando de lado, sem exibir grandes novidades. Os investidores seguem focados na situação da produção da América do Sul e de que forma as adversidades climáticas estão impactando nas lavouras e qual será o resultado real desse impacto. 

Os prêmios climáticos, segundo explicou o analista Flávio França, da Safras & Mercado, continuam sendo adicionados aos contratos frente à essas incertezas sobre a safra sulamericana e os riscos de uma produção menor vinda principalmente do Brasil e da Argentina apertar ainda mais a relação de estoque x consumo. No sul do Brasil e na Argentina ainda faltam chuvas e a previsão para os próximos dias ainda é de seca, outro fator positivo para a soja negociada na Bolsa de Chicago. 

Além disso, o mercado conta com o suporte também da procura mundial por soja. A demanda ainda é muito agressiva e deve, de acordo com analistas, se manter nesse ritmo. Porém, ainda segundo França, "a demanda que mantém os preços da soja de posições mais curtas é que refere-se à safra "velha" de soja dos Estados Unidos. Se essa demanda sair, isso será bom para o produtor brasileiro, porém, para Chicago é negativo". 

Frente a isso, ainda de acordo com o analista, o viés do mercado é de baixa, já que o avanço da colheita na América do Sul exerce uma pressão negativa sobre os preços. Paralelamente, França explica ainda que as atuais condições das safras indicam perdas pontuais na produção e não generalizadas. "E para o mercado subir, é preciso uma perda generalizada". 

“No geral, existe uma melhora nas condições climáticas desde o mês de dezembro. Mesmo no RS onde o tempo está seco, o quadro atual da safra ainda é bom, com perdas localizadas, na verdade, percebemos que uma região compensa a outra. A safra no Brasil vai se encaminhando muito bem”, completa o analista sobre a safra 2012/13 do Brasil. 

Veja como ficaram as cotações dos grãos no fechamento desta segunda-feira:



Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário