CBOT: Soja aguarda novos números do USDA na estabilidade

Publicado em 08/02/2013 09:30 e atualizado em 08/02/2013 10:43 1134 exibições
Nesta sexta-feira (8) os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam próximos da estabilidade e sem direção definida. Por volta das 10h30 (horário de Brasília) os principais contratos trabalhavam com pequenos ganhos. Diante da divergência em relação às previsões climáticas na Argentina que indicam um novo sistema de chuvas para o país e do relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que será divulgado hoje, os investidores buscam um melhor posicionamento, segundo afirmam analistas. 

Segundo o consultor de mercado da FCStone, Glauco Monte, a expectativa é que órgão revise para baixo os estoques finais da soja nos Estados Unidos. O ajuste seria necessário diante do ritmo acelerado das exportações norte-americanas, em tempo de estoques apertados. “O país está embarcando muita soja, e pode ser que os EUA fiquem sem o grão até o final do ciclo deles. E, por isso, mesmo com a safra cheia do Brasil, essa situação dos estoques baixos fica no retrovisor”, diz.

Na contramão desse quadro, no milho, a expectativa é que o departamento reporte uma redução nos números de exportações do cereal norte-americano. No relatório de embarques semanais, divulgados ontem, apontaram volumes abaixo da estimativa do mercado. 

“As exportações do milho vieram bem ruins frente ao potencial que tem de exportar. E esse é um ponto que vem fazendo as cotações futuras em Chicago não conseguirem subir e em muitos momentos até apresentarem quedas expressivas”, ressalta. 

Por outro lado, ontem a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) divulgou a estimativa para a safra brasileira, que apontou que a produção de soja pode alcançar 83,42 milhões de toneladas. Ainda de acordo com o consultor, a safra tem potencial para atingir esse número, mas ainda depende de alguns fatores climáticos para concretizar a previsão.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário