Clima adverso e falta de produto estimulam altas da soja na CBOT

Publicado em 31/05/2013 16:49 3216 exibições

Os futuros da soja encerraram a última sessão da semana com expressiva alta na Bolsa de Chicago. Os principais vencimentos fecharam a sexta-feira (31) com ganhos entre 11 e 15,25 pontos. A relação apertada entre a oferta e a demanda e o clima ainda muito preocupante nos EUA seguem como os principais fatores de sustentação para as cotações no mercado internacional. 

No curto prazo, a pouca oferta de soja disponível e a procura muito intensa pelo produto, principalmente dos Estados Unidos, tem sido o principal fator que mantém os vencimentos mais próximos em alta. Quase todo o volume destinado à exportação já foi comercializado nos EUA, porém, hoje o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu boletim de registro de exportações reportando as vendas semanais da safra 2012/13 em 108 mil toneladas. 

"Os Estados Unidos mesmo não tendo soja continuam vendendo a safra velha (2012/13) e isso é importante, porque já está quase fechando o potencial que o USDA indicou para as exportações, o que quer dizer que o departamento, no próximo boletim de oferta e demanda, vai ter que aumentar suas exportações, ou seja, exportando mais, o USDA vai ter que indicar estoques menores e, provavelmente, importações maiores", explicou o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting. 

Ao mesmo tempo, o atraso do plantio da nova safra dos EUA que ainda persite segue atuando como fator de suporte para os vencimentos mais distantes. Embora nas últimas semanas a semeadura tanto da soja quanto do milho tenha apresentado uma evolução, os números ainda estão bem distantes dos registrados no ano anterior e da média dos últimos cinco anos. 

“Então, temos nesse início de safra um contexto de alta, de suporte aos preços dos grãos em geral, soja, milho e trigo. Situação que faz com que os mercados resistam e não caiam como deveria como poderia na hipótese de uma normalidade climática”, afirma o analista de mercado Flávio França, da Safras & Mercado. 

Veja como ficaram as cotações dos grãos no fechamento desta sexta-feira (31):

>> SOJA

>> MILHO

>> TRIGO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário