Em MT, vazio sanitário visa evitar o avanço da ferrugem asiática

Publicado em 17/06/2013 08:01 244 exibições

 O campo está limpo, sem nenhum pé de soja e é assim que deve ficar pelos próximos três meses, durante o vazio sanitário.

Neste período, o cultivo da oleaginosa fica proibido e o agricultor precisa destruir ainda as chamadas plantas guaxas, àquelas que nascem voluntariamente, seja nas áreas de produção, pátios de descarregamento ou margens de rodovias.

Leia a íntegra no Globo Rural

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário