Soja: China recebe carregamentos com menor volume do que o contratado

Publicado em 16/08/2013 15:47 e atualizado em 16/08/2013 16:36
1254 exibições

Um total de 1.619 toneladas de soja foram apreendidas de 21 lotes, de janeiro a julho deste ano, no porto de Zhangjiagang, na província de Jiangsu, na China, com cargas contendo menos produto do que o descrito nos documentos. O porto de Zhangjiagang é o maior do país para a importação da oleaginosa e as informações partem de seu departamento de entrada e saída de produtos. 

O valor pago devido às reivindicações de menor peso no descarregamento de soja foi de US$ 973.000, falta essa que se agrava em intervalos de tempo em que o preço da soja sobe. Ainda segundo funcionários do porto, os principais motivos para essas cargas conterem menos produto do que o a quantidade acordada a credibilidade de fornecedores estrangeiros, a falta de experiência de algumas empresas de testes e também do que se perde de grãos nos processos de carregamento e descarregamento. 

Assim, representantes dos portos têm orientado as empresas importadoras de soja que escolham parceiros comerciais confiáveis, que assinem contratos detalhados e rigorosos para garantir a quantidade de produto a ser enviado, nomear uma organização qualificada para a inspeção, além de alugarem navios de alta qualidade e manter o processo todo do transporte sobre supervisão. 

Com informações do site internacional China Daily. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário