Clima seco pode atrasar plantio da nova safra de soja do Brasil, diz Oil World

Publicado em 21/08/2013 12:20
3069 exibições

O clima seco na América do Sul poderá atrasar o plantio de soja no Brasil e reduzir a área plantada com milho na Argentina na próxima safra, segundo projeções da consultoria alemã Oil World. 

Algumas poucas chuvas estão previstas para o Mato Grosso, principal estado produtor brasileiro, para as próximas duas semanas, e as precipitações que são esperadas para a Argentina não deverão ser suficientes para repor a umidade do solo. Assim, a área argentina de milho deverá registrar um recuo de 5%. 

Ainda de acordo com a Oil World, o plantio da soja no Brasil deverá começar em cerca de 22 de setembro, bem como a semeadura do miho na Argentina. 

"Na Argentina, a seca tem afetado o trigo e a canola, e também aumentado o risco de umidade insuficiente para quando começar o plantio das culturas de verão. Se chuvas consideráveis não acontecerem em setembro, o plantio da nova safra de soja não será favorável. Ainda é cedo, mas as condições podem se tornar problemáticas e as estimativas para a soja e também para outras culturas pode diminuir", informou o relatório. 

Com informações da agência internacional Bloomberg. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário