Soja volta a cair com expectativas de chuvas no meio-oeste

Publicado em 30/08/2013 09:59
547 exibições

As cotações da soja caíram pelo segundo dia em Chicago com as previsões de que chuvas isoladas em partes do meio-oeste americano poderão diminuir a pressão da seca e do calor nas safras. 

Áreas centrais de Indiana e Ohio podem ter ocorrência de chuva até dia 2 de setembro, enquanto a umidade será menor ao oeste, de acordo com informações do Serviço Nacional do Clima. Grande parte da região central e norte do meio-oeste, incluindo as regiões produtoras de Iowa e Illinois, tiveram menos da metade da quantidade normal de chuva nos últimos 60 dias, de acordo com as previsões. As informações são do site da Bloomberg.

No ano passado, o milho e a soja atingiram preços recordes em Chicago, devido a pior seca desde 1930. “As previsões de chuva estão ajudando a elevar a expectativa de produtividade da soja no momento, mas os reais benefícios que as chuvas trarão ainda não sabem”, explica Joyce Liu, analista de investimentos na Phillip Futures Pte, em Cingapura. “Os investidores ainda estão traumatizados com as memórias da seca do ano passado”. 

Maturação das safras
Segundo David Sheppard, diretor na Gleadell Agriculture Ltd., em Gainsborough, as safras de milho estão mais desenvolvidas que as de soja, o que traz menores riscos.   

As chuvas ao noroeste de Illinois e na Dakota do Sul devem ser muito leves para trazer melhorias significativas às condições secas da lavoura, de acordo com o Serviço de Meteorologia MDA. 

As informações são do site da Bloomberg.com 

Tradução: Fernanda Bellei
 

Tags:
Por: Notícias Agrícolas
Fonte: Bloomberg

0 comentário