Soja sobe em Chicago e fecha com mais alto patamar em cinco semanas

Publicado em 15/01/2014 16:57 764 exibições

A soja subiu, nesta quarta-feira (15), na Bolsa de Chicago e alcançou os maiores preços em cinco semanas frente a forte demanda mundial pela commodity, principalmente por parte da China. A procura pelo produto norte-americano ainda é crescente, mesmo com estoques historicamente baixos no país e a meta de exportação dos Estados Unidos já ter sido batida. 

O mercado, no início desta sessão regular, operava com estabilidade, sem movimentações muito expressivas. Porém, no meio da tarde, os preços voltaram a subir de forma significativa, e encerraram o dia com ganhos entre 5 e 11 pontos. O vencimento mais negociado no momento, março/14, fechou valendo US$ 13,18. 

Nem mesmo a entrada da safra da América do Sul tem pressionado efetivamente os preços na Bolsa de Chicago. A colheita evolui bem no Brasil e a produção, em linhas gerais, se desenvolve de forma satisfatória na maior parte das regiões produtoras. 

Segundo analistas de mercado, o volume produzido na América do Sul ainda será insuficiente para que a demanda mundial seja atendida de forma confortável. "Estamos colhendo uma grande safra, mas não será suficiente para derrubar os preços. Teremos preços remuneradores no Brasil".

Nesta quarta, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anuncio que exportadores privadas já acertaram a venda de 106 mil toneladas de soja para a China com entrega para a safra 2014/15. 

A Associação Norte-Americana dos Processadores de Óleos Vegetais (NOPA) divulgou seu relatório, nesta quarta-feira (15), informando que o esmagamento de soja nos Estados Unidos, em dezembro, totalizou 4,36 milhões de toneladas. 

O volume ficou dentro das expectativas do mercado que variavam, segundo Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar, entre 4,35 milhões e 4,46 milhões de toneladas. Os números vieram em linha com o registrado no mês anterior. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário