Maior comprador de soja da China diz que irá honrar seus contratos de compra

Publicado em 14/05/2014 15:32 1572 exibições

A maior empresa compradora de soja da China, Shandong Sunrise Group, informou que não irá desfazer seus contratos de compra, apesar de estar enfrentando grandes prejuízos, de modo a proteger sua relação com fornecedores, de acordo com a mídia estatal chinesa. 

A Sunrise, que responde por 12% das importações de soja da China, já foi alvo de boate de quebras de contratos por traders e pela mídia, mas a empresa negou a informação na semana passada. 

Shao Zhongyi, presidente da Shandong Sunrise, afirmou que sua empresa irá honrar seus contratos de compra, apesar de estar enfrentando uma perda de 200 milhões de Yuan (US$ 32 milhões), já que há uma redução da demanda doméstica das esmagadoras.                

Shao disse que algumas empresas de importação que eram novas na indústria da soja pode optaram por cancelar algumas compras porque não foram capazes de manejar algumas perdas, porém, ele não revelou o nome das empresas. A China responde por 60% do comércio global de soja.

Aumento da demanda
Apesar das notícias de redução no esmagamento de soja na China, o site norte-americano Agweb informou hoje que os embarques para o país estão aumentando por conta da maior demanda da produção de aves e piscicultura, que está se recuperando de uma queda registrada no ano passado, por conta da gripe aviária. 

As importações chinesas nos 12 meses até dia 30 de setembro devem alcançar 66 milhões de toneladas, em comparação com 60 mi. de toneladas do ano passado. 

A demanda ficou reduzida no primeiro trimestre também por um desaceleramento pontual da economia. "O mercado caiu um pouco e agora está se recuperando", informou Liu Xianwu, gerente geral da China Cereals & Oils Business Net, uma empresa de pesquisas baseada em Pequim. "A situação melhorou e empresas que disseram que iriam cancelar contratos de compras estão mudando de ideia". 

Informações: Reuters e Agweb

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Reuters

1 comentário

  • Liones Severo Porto Alegre - RS

    Perdeu-se muito tempo prestando atenção neste assunto que infalivelmente teria esse desfecho. Assim foi e assim será!!!

    0