Soja MT: Dólar tem impulsionado preços apesar de demanda fraca no estado

Publicado em 25/11/2014 07:42 75 exibições

Apesar da fraca demanda interna da soja em Mato Grosso, a valorização do dólar perante o real tem garantido escaladas nas cotações domésticas do grão. Sabe-se da importância que a alta do dólar tem para as commodities brasileiras, já que torna as exportações domésticas mais competitivas no mercado internacional. Atualmente, a cotação do dólar próxima a R$ 2,60/US$ não só está sendo capaz de trazer reflexos sobre as cotações disponíveis como também sobre a paridade de exportação para março-15, que hoje gira em torno de R$ 46,00/sc, bem próximo ao ponto de equilíbrio da safra 2014/15 no Estado. A projeção do Banco Central para o fim de 2015 é de cotação média do dólar próxima a R$ 2,70/US$. Desta forma, o produtor que está mais familiarizado com hedge (fixação de preço) pode ter melhores resultados, com fixações em épocas diferentes, aproveitando as oscilações do mercado a seu favor.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário