Mato Grosso tem 25 autos de infração lavrados por desrespeito ao vazio sanitário

Publicado em 12/08/2016 08:40
175 exibições

Em dois meses de vazio sanitário da soja em Mato Grosso 25 autos de infração por descumprimento da legislação foram lavrados. O período proibitivo da presença de plantas da soja nas lavouras e áreas urbanas vai até 15 de setembro e já teve 3.015 propriedades fiscalizadas.

O balanço é do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT). O vazio sanitário tem como objetivo evitar a chamada "ponte verde" e a disseminação do fungo da ferrugem asiática na próxima safra. A semeadura de soja em Mato Grosso está liberada para a safra 2016/2017 a partir de 16 de setembro.

O vazio sanitário da soja teve início em 15 de junho e de acordo com o Indea, durante a sua vigência é permitido o plantio de soja desde que seja para pesquisa científica que vise o melhoramento genético, avanços das variedades, além de avaliação de doenças do grão e a multiplicação de sementes genéticas com prévia autorização do órgão.

Leia a notícia na íntegra no site do AgroOlhar

Fonte AgroOlhar

Nenhum comentário