Sementeiros em Mato Grosso esperam aumento de 10% na produção de sementes de soja para safra 17/18

Publicado em 06/12/2016 07:21
173 exibições

Mato Grosso produz em torno de 60% das sementes de soja utilizadas para semear as lavouras do Estado. O setor sementeiro espera elevar em aproximadamente 10% a produção de sementes para o ciclo 2017/2018, após um 2016 de pouca chuva, o que ocasionou uma quebra de produtividade.

Mato Grosso possui uma demanda de 11 a 12 milhões de sacas de soja para semear seus mais de 9 milhões de hectares destinados para a cultura e produz apenas algo em torno de 7 milhões de sacas.

A perspectiva do setor sementeiro mato-grossense, que passa por uma reestruturação, é que diante as condições climáticas favoráveis a produção de sementes cresça 10%. 

"Mato Grosso não consegue suprir a sua demanda. Produzimos 60% da semente utilizada, aproximadamente. Nós já temos um levantamento da intenção de produção que é algo em torno de 10% superior a produção do ano anterior", comentou ao Agro Olhar o presidente da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat), Carlos Ernesto Augustin, durante participação do evento "Encontro de Parceiros Bayer SeedGrowth" com sementeiros do Cerrado brasileiro, em Brasília (DF), no dia 23 de novembro.

Leia a notícia na íntegra no site Agro Olhar.

Fonte:
Agro Olhar

0 comentário