Soja: Mercado em Chicago tem leves altas e busca recuperação nesta 4ª, óleo dá suporte

Publicado em 21/12/2016 07:18
482 exibições

O mercado internacional da soja trabalha com estabilidade na manhã desta quarta-feira (21) na Bolsa de Chicago, com os futuros da commodity buscando uma recuperação após as baixas recentes. As cotações subiam de 0,75 a 1,75 ponto entre os principais vencimentos, depois de dois pregões consecutivos de baixas intensas nesta semana. O janeiro/17 valia US$ 10,06 e o maio/17, US$ 10,26 por bushel. 

"O vencimento janeiro está se aproximando do patamar psicológico de US$ 10,00 e não vimos essa marca em um mês, desde 21 de novembro", lembra o especialista internacional Joe Lardy, da CHS Hedging. 

De um lado, a demanda forte e o potencial dos derivados, principalmente do óleo neste momento, ainda dão importante sustentação às cotações, enquanto na outra ponta do mercado, o clima favorável para o desenvolvimento da safra na América do Sul pesa sobre as cotações. As chuvas dos últimos dias na Argentina atingiram diretamente os preços em Chicago e voltam ao foco dos traders. 

A volatilidade, portanto, é maior. "Enquanto boas condições são esperadas para a Argentina nos próximos dias, outro sistema de alta pressão é esperado para o final da semana que vem. E caso isso se confirme, o tempo pode voltar a ficar bem quente e seco no país", informa, em nota o analista Terry Reilly, da Futures International. 

Veja como fechou o mercado nesta terça-feira:

>> Preços da soja nos portos do Brasil despencam nesta 3ª e baixas se aproximam de 5%

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário