Bolsa de Cereais de Buenos Aires diminui em 300.000 ha a área estimada de soja para a Argentina

Publicado em 05/01/2017 17:24 e atualizado em 05/01/2017 17:59
383 exibições

Em seu novo boletim, divulgado nesta quinta-feira (05), a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA) destaca que as chuvas abundantes atrasam o fim do plantio de soja no centro da região agrícola da Argentina.

No entanto, faltam apenas duas semanas para o fim da janela estendida de plantio e replantios nas regiões afetadas pelos excessos hídricos, granizo e tempestades. Em contrapartida, a janela de plantio já se encerra no sudeste de Buenos Aires e a prolongada condição de seca que afeta a região não permitiu o plantio de grande parte da soja de segunda etapa de plantio.

Com este cenário, a nova projeção nacional de superfície para a área de soja é de 19.300.000 hectares, uma redução de 300.000 hectares em relação ao boletim anterior divulgado pela BCBA. O número também representa uma queda de 4% em relação ao ano passado.

Até a data, o avanço nacional de plantio chegou a 92,9%, já considerando o novo número de projeção de superfície.

Grande parte da área pendente também se concentra sobre o norte da região agrícola, mais precisamente nas regiões nordeste e noroeste, que se encontram transitando a janela ideal de plantio sob uma condição hídrica que varia de adequada a regular, mas com prognósticos de chuvas para os próximos dias.

Por último, a evolução do clima também será um fator crítico para concretizar os trabalhos de plantio ainda pendentes sobre o centro da região agrícola durante as próximas duas semanas, como aponta a BCBA.

Com informações do Boletim Semanal da Bolsa de Cereais de Buenos Aires

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário