Soja volta a subir após 4 sessões de baixas em Chicago nesta 3ª feira; dólar mais fraco contribui

Publicado em 24/01/2017 07:03
1527 exibições

O mercado da soja na Bolsa de Chicago, na sessão desta terça-feira (24), volta a subir e recupera parte das ligeiras baixas registradas ontem. Os futuros da oleaginosa, por volta das 7h35 (horário de Brasília), subiam pouco mais de 7 pontos, com o março cotado a US$ 10,65 e o maio/17 a US$ 10,74 por bushel. Os preços voltam a atuar em campo positivo após três quatro de baixas. 

Como explicam analistas e consultores, os fundamentos seguem positivos para o mercado da soja, principalmente com as perdas registradas pela Argentina diante de uma demanda crescente pela commodity. Por outro lado, a volatilidade ainda deve seguir permeando os negócios, o que é bastante comum neste período de mercado climático. 

Além disso, "o dólar mais fraco é a razão chave para o movimento dos preços hoje, não só para as commodities agrícolas, mas para as demais também", explica Phin Ziebell, economista agrícola do Banco Nacional da Austrália. Especialistas afirmam que a moeda americana se encontrava em suas baixas de sete semanas, pressionada ainda pelo impacto da postura protecionista de Donald Trump. 

Em uma de suas principais ações, o novo presidente dos Estados Unidos assinou um decreto nesta segunda-feira (23) que tira o país da Parceria Transpacífico (TPP), o maior acordo comecial do  mundo.

Veja como fechou o mercado nesta segunda-feira:

>> Soja: Mercado nacional inicia semana recuando mais de 1% com pressão da CBOT e dólar

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário