Paraguai: industrialização tem queda de 10% no primeiro trimestre

Publicado em 25/04/2017 13:59 112 exibições

A industrialização de soja no Paraguai, ao final do primeiro trimestre de 2017, apresenta uma queda de 10% em comparação com o ano passado, segundo o último boletim da Câmara Paraguaia de Processadores de Oleaginosas e Cereais.

Com 385.208 toneladas de soja esmagadas, o mês de março é o primeiro mês do ano no qual se pode observar uma melhora em comparação com o mesmo período do ano anterior, já que em março de 2016 foram processadas 360.585 toneladas.

Apesar disso, o volume de soja processado no primeiro trimestre é 10% inferior ao esmagamento de janeiro a março de 2016. O jornal 5Días também destaca o escasso volume de outras matérias primas agrícolas industrializadas, particularmente, o girassol, que com 3.276 toneladas registra uma diminuição interanual de 77%.

Outro dado importante que surge do comparativo interanual é que se observa uma redução no volume de sub-produtos industrializados obtidos, o que significa, claramente, uma diminuição na qualidade da soja, o que impacta no rendimento industrial.

Com esses dados de esmagamento ao final do primeiro trimestre, a tendência de queda na industrialização, em comparação com 2015, se mantém e coloca em evidência os desafios enfrentados pela indústria de oleaginosas no Paraguai.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte:
Diario 5días

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário