Soja tem leves altas em Chicago nesta manhã de 3ª feira mesmo com bom avanço do plantio nos EUA

Publicado em 06/06/2017 08:20
3829 exibições

Os futuros da soja trabalham com leves altas na manhã desta terça-feira (6) na Bolsa de Chicago. Por volta de 7h55 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 2,75 e 4 pontos, com o julho já valendo US$ 9,25 por bushel e o novembro/17, US$ 9,32. 

"Graficamente, o contrato de julho/17 segue tentando buscar sua correção nos US$ 9,2950/bushel', diz o analista de mercado Miguel Biegai, da OTCex Group, de Genebra, na Suíça.

O mercado encontra espaço para estas ligeiras altas mesmo depois do boletim semanal de acompanhamento de safras do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), divulgado no final da tarde de ontem, ter trazido o plantio da soja concluído em 83% da área prevista, contra os 80% esperados pelos traders. 

Leia mais:

>> Nos EUA, plantio da soja evolui e chega a 83%; 68% das lavouras de milho apresentam boas condições

Segundo explicam analistas internacionais, as cotações se apoiam ainda nas últimas informações positivas sobre a demanda - com o anúncio de novas vendas da safra 2016/17 nesta segunda (5) - e no posicionamento dos traders antes do novo reporte mensal de oferta e demanda que o USDA traz na próxima sexta-feira, 9 de junho. 

De acordo com as estimativas da consultoria internacional Allendale, os estoques americanos da safra velha poderiam ser reduzidos e passar de 11,84 milhões para 11,81 milhões de toneladas. Já os da safra nova, por outro lado, podem subir de 13,06 milhões para 13,96 milhões de toneladas. 

Veja como fechou o mercado nesta segunda-feira (5):

>> Soja: Preços sobem até 3% no Brasil com alta do dólar, apesar da estabilidade em Chicago

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário