Soja dá continuidade ao movimento de alta pós USDA e volta a subir nesta 6ª em Chicago

Publicado em 12/10/2018 08:23 e atualizado em 12/10/2018 09:39
1551 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja na Bolsa de Chicago dá continuidade às altas registradas ontem e volta a subir na sessão desta sexta-feira (12). Os futuros da oleaginosa, por volta de 8h (horário de Brasília), subiam pouco mais de 5 pontos entre os principais vencimentos. 

Assim, o contrato novembro - que segue sendo o mais negociado - valia US$ 8,63 por bushel, enquanto o maio/19 -  que é referência para a safra do Brasil - tinha US$ 8,90. 

As cotações continuam a refletir os números que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe em seu último boletm mensal de oferta e demanda. Os dados reduziram a nova safra norte-americana e os números ficaram aquém das expectativas do mercado, dando espaço para estas novas altas. 

O mercado internacional, além desses novos dados, se atenta também ao clima no Corn Belt, como explicam analistas e consultores internacionais. 

"As previsões para as principais regiões produtoras que passam pela colheita agora serão acompanhadas de perto pelos traders já que chuvas intensas e até mesmo neve seguem trazendo lentidão aos trabalhos de campo", explicam os analistas da Allendale, Inc. 

Nesta quinta-feira também, o mercado se atenta aos números das vendas semanais para exportação que o USDA traz em seu novo boletim. As expectativas para a soja em grão são de 800 mil e 1,3 milhão de toneladas, de 150 mil a 450 mil toneladas e de 5 mil a 26 mil toneladas de óleo. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Soja sobe em Chicago nesta 5ª feira com números do USDA mais baixos do que o esperado

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário