Soja: Mercado tem estabilidade em Chicago nesta 3ª feira com semana mais curta nos EUA

Publicado em 20/11/2018 08:36
772 exibições

LOGO nalogo

Em uma semana mais curta nos EUA em função do feriado do Dia de Ação de Graças e com o mercado ainda especulando muito sobre a possibilidade de um acordo entre China e Estados Unidos, o mercado da soja trabalha com estabilidade nesta terça-feira (20) na Bolsa de Chicago. Os preços se comportam de forma bastante técnica após perder mais de 20 pontos no pregão anterior. 

Assim, perto de 8h20 (horário de Brasília), as cotações não apresentavam variações, com  o janeiro/19 trabalhando com US$ 8,73 e o maio/19 valendo US$ 9,00 por bushel. 

Além das atenções voltadas para a questão da disputa entre China e EUA, os traders observam ainda o posicionamento dos fundos investidores. Segundo explicaram os analistas da ARC Mercosul, o volume de posições vendidas na soja tem aumentado consideravelmente nas últimas semanas. Na contramão, o trigo trouxe uma retração de 14mil posições para o lado da compra, ainda segundo os executivos.

"A maioria dos operadores da soja se mantém no lado vendido desde meados de junho, com a concretização do início da Guerra Comercial", diz a consultoria ARC.

Fundos de invstimento

Nos EUA, a colheita da soja passou, em uma semana, de 88% para 91% da área. O ritmo ainda se mostra um pouco abaixo da média e do registrado no mesmo período do ano passado, sendo, em ambos os casos, 96% do total. 

Veja como fechou o mercado nesta segunda-feira:

>> China e EUA endurecem o discurso e mercado da soja cede mais de 2% em Chicago

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário