Soja recua na Bolsa de Chicago nesta 2ª feira e foco sobre guerra comercial permanece

Publicado em 26/11/2018 07:53
1938 exibições

LOGO nalogo

Os preços da soja caem nesta segunda-feira (26) na Bolsa de Chicago. Começando a semana em que voltam a se encontrar Donald Trump e Xi Jinping na Argentina, durante a reunião do G20, o mercado parece manter seus ajustes antes do encontro e a guerra comercial entre China e Estados Unidos continua como foco de atenção central dos traders. 

A sessão desta segunda é, portanto, a segunda consecutiva de baixas, com as cotações recuando entre 6 e 6,25 pontos nos principais vencimentos, com o janeiro/19 valendo US$ 8,74 e o maio/19 sendo cotado a US$ 9,02 por bushel. 

Segundo acreditam analistas internacionais, a disputa comercial entre China e Estados Unidos deve continuar e a colheita acontecendo antecipadamente no Brasil nesta temporada - com alguns estados podendo começar a colher já na segunda metade de dezembro - poderá continuar atraindo as compras chinesas, que já são intensas por aqui. 

Ao mesmo tempo que esse movimento se intensifica, a colheita norte-americana vai se concluindo e os estoques de soja nos EUA, aumentando. 

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz, no final do dia de hoje, a atualização da evolução dos trabalhos de campo - que em determinados pontos do Corn Belt ainda sofre com o clima severo e a neve já provocando alguns problemas - bem como a atualização dos embarques norte-americanos de grãos. 

Os números poderão, mas somente pontualmente, mexer com a direção dos preços, na CBOT, com as atenções se voltando, na sequência, à disputa comercial China x EUA. 

Veja como fechou o mercado na última sexta-feira:

>> Soja: Mercado internacional e interno têm semana lenta à espera do encontro de Trump e Xi Jinping

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário