Uruguai: há quatro casos detectados de ferrugem asiática na soja

Publicado em 29/01/2019 10:30
77 exibições

LOGO nalogo

De acordo com o Rurales El País, o Uruguai identificou quatro focos de ferrugem asiática na soja.

Os casos foram identificados em Colonia Lavalleja (Salto), El Chimango (Rocha), Sarandí de Gutiérrez (Lavalleja) e Plácido Rosas (Cerro Largo) por meio do Sistema de Alerta à Ferrugem Asiática na Soja (Saras, na sigla original).

Segundo a bióloga Silvina Stewart, pesquisadora do INIA, todos os anos que o Uruguai recebeu a ferrugem esta entrou em meados de fevereiro até o final de março. Se a enfermidade chega no final de março, ela entra em etapas avançadas do cultivo, com perdas pouco expressivas. Em meados de janeiro, se as condições climáticas ajudarem, elas podem causar danos potenciais.

Os especialistas do Uruguai apontam que a doença é proveniente das lavouras brasileiras.

Com informações do Rurales El País

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário