Soja testa leves altas em Chicago nesta 6ª feira recuperando partes das últimas perdas

Publicado em 01/03/2019 08:11 e atualizado em 01/03/2019 13:06
666 exibições

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira, 1º de março, os preços da soja operam com leves altas na Bolsa de Chicago. Depois de fechar o último pregão de fevereiro em queda, as cotações buscam alguma recuperação e, por volta de 7h50 (horário de Brasília), subiam entre 2,50 e 2,75 pontos nos principais vencimentos. O maio/19 valia US$ 9,13 por bushel. 

O cenário é o mesmo para os participantes do mercado e as especulações na CBOT permanecem limitadas pela falta de informações sobre as relações comerciais entre China e Estados Unidos. Apesar de algumas boas notícias nos últmos dias, as falta de confirmação ainda pesa sobre os negócios. 

O período de trégua entre os dois presidentes está chegando ao final e logo um acordo terá de ser divulgado ou a situação poderia ficar ainda mais grave. Os especialistas estão otimistas sobre um consenso, porém, apreensivos com alguns pontos-chave como a questão da propriedade intelectual. 

No entanto, até que essas notícias saiam e sejam fortes e consistentes, o mercado segue caminhando de lado, sem poder definir uma tendência ou intensificar as especulações. Nem mesmo as novidades que começam a surgir - principalmente as que se referem à nova safra dos EUA - ainda contam com espaço suficiente entre o radar dos traders para mudar o ambiente ou o humor dos players. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Soja fecha em baixa na Bolsa de Chicago e portos do Brasil cedem mais de 1% nesta 5ª

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário