Enchentes seguem castigando importantes regiões produtoras do EUA

Publicado em 25/03/2019 09:37 e atualizado em 25/03/2019 17:52
9774 exibições

Enchentes nos EUA - Março 2019

LOGO nalogo

Previsões do Serviço Nacional de Clima dos EUA mostram que mais enchentes deverão ocorrer nas próximas semanas nos Estados Unidos, ainda castigando a região Meio-Oeste. E os produtores rurais locais continuam sem condições de contabilizar seus prejuízos ou se preparar para dar início aos trabalhos de campo da safra 2019/20 que já deveriam ter sido iniciados em alguns locais. 

Os estados de Montana, Dakota do Norte, Dakota do Sul e do Kansas são alguns dos mais afetados neste momento, uma vez que, além das chuvas intensas, o derretimento das camadas de gelo que ainda eram observadas em alguns locais começa a acontecer e aumenta o volume de água nesses pontos. 

Enchentes nos EUA - Março 2019

Como explica o meteorologista da NWS’s Weather Prediction Center, David Roth, à Reuters Internacional, as temperaturas um pouco mais altas agora começam a promover esse derretimento, resultando em grandes blocos de gelo descendo pelos rios, intensificando as enchentes. 

O mapa abaixo, do NOAA, mostra a previsão para a primavera nos EUA, de março a maio, com os risco de inundações. O azul claro indica as cheias moderadas, o médio as de média intensidade e o azul mais escuro, as enchentes mais fortes. 

NOAA inundações na primavera

"E toda essa água vai continuar descendo, chegando ao Missouri em algumas semanas, e possivelmente a Kansas City no meio de abril", diz Roth. 

Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019

Como explicam especialistas internacionais, as cheias no Meio-Oeste americano foram iniciadas na semana passada depois da chegada de chuvas torrenciais depois de um "bomb cyclone" e alcançaram centenas de quilômetros. E essa extensão, que já estava coberta pela neve em fase de começo de derretimento, acabou sendo duramente castigada. 

O maior fluxo de água foi registrado riou Missouri abaixo, o mais extenso dos EUA, e causou a morte de pelo menos quatro pessoas, afogou muitos rebanhos e planteis, além de destruir centenas de estradas. Somente nos estados de Nebraska e Iowa, as perdas estão estimadas em US$ 3 bilhões, de acordo com a Reuters Internacional. 

Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019Enchentes nos EUA - Março 2019

Grande parte das Planícies e do Meio-Oeste começam a semana com alguma tranquilidade momentânea, com as chuvas e tempestades se dirigindo para o Delta e as regiões mais baixas do rio Ohio. No entanto, as precipitações voltam ao corredor entre a I-70 e a I-80, entre Omaha e Toledo, no final da próxima semana.

O mapa abaixo mostra chuvas intensas nessas regiões no período de 25 de março a 1º de abril.

Mapa de chuvas EUA - 5 dias - Fonte: NOAA
Fonte: NOAA

 

As previsões para mais adiante - nos períodos de 6 a 10 e 8 a 14 dias - mostram que no centro do Corn Belt umidade é ligeiramente menor neste momento, mas que as as áreas mais ao sul seguem bastante úmidas ainda. 

Segundo mostram os mapas do NOAA - o serviço oficial de clima dos EUA - as temperaturas nos intervalo de 6 a 10 dias têm maior probabilidade de ficarem abaixo da normalidade para o período, enquanto as chuvas podem ficar ligeiramente acima da média. Os mapas abaixo ilustram as previsões. 

NOAA 6 a 10 dias

Previsão de temperaturas nos EUA para os próximos 6 a 10 dias - Fonte: NOAA

NOAA 6 a 10 dias

Previsão de chuvas nos EUA para os próximos 6 a 10 dias - Fonte: NOAA

"Enquanto os traders especulam sobre as previsões de área de plantio da safra 2019/20 que o USDA traz nesta sexta-feira (29), junto dos números dos estoques trimestrais de grãos, os produtores se perguntam quando os campos secarão", diz o analista sênior do portal Farm Futures, Bryce Knorr. 

Já nos mapas acima, a situação se mostra bastante semelhante, com mudanças apenas para as temperaturas, que poderiam se mostrar mais dentro da média para o período, ainda segundo o NOAA. 

NOAA 8 a 14 dias

Previsão de temperaturas nos EUA para os próximos 8 a 14 dias - Fonte: NOAA

NOAA 8 a 14 dias

Previsão de chuvas nos EUA para os próximos 8 a 14 dias - Fonte: NOAA

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Carlos Eduardo Senju Araguari - MG

    E.... com toda soja armazenada perdida com as enchentes, o preço não sobe!

    0
    • CARLA MENDESCAMPINAS - SP

      Verdade, Sr,. Carlos! Analistas e consultores seguem tentando entender quais serão os impactos disso tudo para os preços.

      0
    • GUSTAVO VIEIRAPRIMAVERA DO LESTE - MT

      ..paciência ... porque vai subir.

      3
    • DANILO PIANEZZOLAANTA GORDA - RS

      Acredito que não vai demorar para vermos um limite de alta em Chicago....depois da virada do mês, a situação terá que se definir quanto ao plantio americano.

      2
    • ARLINDO PONTREMOLEZ VARALTAIBIRAREMA - SP

      Com um estoque mundial de soja acima dia 100 milhões de toneladas esse precinho vai ficar infelizmente por bastante tempo. Precisa de uma catástrofe para que os preços mudem de patamar.

      1
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Caro Arlindo... Certissimo...quem aumentaria o preço diante de soja sobrando....só os políticos e corruptos brasileiros...ate que enfim acordaram para os estoques altissimos

      5
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      O preço do soja pode aumentar ou baixar... ... Com um fato novo...

      1