Soja tem altas de mais de 10 pts em Chicago com boas notícias de demanda

Publicado em 01/04/2019 12:52
1268 exibições

LOGO nalogo

Os preços da soja trabalham com altas de dois dígitos no início da tarde desta segunda-feira (1) na Bolsa de Chicago. As cotações subiam mais de 11 pontos nos principais contratos, por volta de 12h20 (horário de Brasília), com o maio buscando de volta os US$ 9,00 e o agosto sendo cotado a US$ 9,17 por bushel. 

As notícias de um otimismo sobre o acordo entre China e EUA - mesmo que não saia nas próximas semanas - volta a ser sentido e o mercado reage. Nesta segunda, afinal, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou uma nova vende soja para os chineses de mais de 800 mil toneladas. 

Além disso, o mercado segue terminando de digerir os dados do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) sobre área de plantio 2019/20 - que deverá ser cerca de 5% menor do que a do ano passado - e os estoques trimestrais americanos recordes em 74 milhões de toneladas. 

No parelelo, atenção às questões ligadas à guerra comercial - com uma delegação da China a caminho de Washington nesta semana - e ao andamento do dólar. 

Mais do que isso, atenções voltadas também para a questão climática nos EUA, com os trabalhos de campo prestes a serem iniciados no Meio-Oeste americano.

"Os traders agora vão mudar suas atenções ao clima nos EUA diante das enchentes e das previsões de uma primavera bastante úmida e à espera de saber quanto de área será realmente plantado", diz Al Kluis, da Kluis Advisors, ao Agriculture.com. 

No Brasil, a baixa do dólar e referências mais tímidas nos portos limitam novos negócios. Leia mais:

>> Brasil começa semana segurando novas vendas de soja

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário