Em Chicago, mercado da soja trabalha com leves altas nesta 5ª e mantém defensiva

Publicado em 04/04/2019 07:57 e atualizado em 04/04/2019 08:28
729 exibições

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (4), segue a estabilidade dos preços da soja na Bolsa de Chicago. A commodity tinha pequenas altas de pouco mais de 2 pontos nos principais vencimentos, por volta de 7h55 (horário de Brasília), com o maio valendo US$ 9,01 e o agosto, US$ 9,20 por bushel. 

O mercado seua na defensiva e de olho nas possibilidades que podem aparecer depois do encontro entre China e EUA iniciado ontem em Washington. No entanto, já não se abala com as dezenas de manchetes que chegam diariamente sobre o assunto e anseiam por alguma notícia concreta. 

No paralelo, com o início do plantio americano cada vez mais próximo, os traders também mantém um olho sobre os mapas climáticos para o Meio-Oeste americano. Ainda são esperadas muitas chuvas para os próximos dias e a situação preocupa. Porém, o sinal de alerta para a safra nova, principalmente para a soja, ainda não se acendeu de forma muito preocupante. 

A elevada capacidade de semeadura dos produtores americanos e, consequetemente de recuperação, é conhecida pelo mercado e considerada na hora da especulação, afinal. 

Ainda nesta quinta, o mercado se atenta também as números das vendas semanais a serem reportados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). As expectativas variam de 800 mil a 1,8 milhão de toneladas de soja. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Soja fecha estável em Chicago nesta 4ª e já não se abala com manchetes EUA x China

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário