Argentina: quase metade da produção de soja será vendida para cobrir dívidas dos produtores

Publicado em 17/04/2019 10:01
144 exibições

Na Argentina, os produtores possuem a intenção de vender antes de julho, em média, 48,5% da sua produção de soja para cobrir os compromissos financeiros. A conclusão foi feita a partir de uma enquete realizada pelo Centro de Agronegócios e Alimentos da Universidade Austral, com um total de 317 produtores de todo o país.

A resposta dos produtores permite realizar uma série de cálculos, baseados em dados reais como uma produção nacional de soja de 54 milhões de toneladas e preços FOB em Gran Rosario no dia 5 de abril (US$337).

A partir destes indicadores, o informe aponta que os produtores vão ter que se desprender de 26,1 milhões de toneladas para cancelar obrigações financeiras e que irão possuir um excedente de 27,810 milhões de toneladas para utilizar de maneiras diferentes.

Com o remanescente da produção, de acordo com as respostas, os produtores irão armazenar sem fixar preço 31% do excedente, que representa 8,6 milhões de toneladas. 39%, por sua vez, serão usados para a compra de insumos, o que representa 10,8 milhões de toneladas.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Agrovoz

Nenhum comentário