Soja opera estável em Chicago nesta 2ª frente à semana cheia de informações

Publicado em 07/10/2019 08:44
958 exibições

LOGO nalogo

A semana começa com estabilidade para os preços da soja na Bolsa de Chicago. Nesta segunda-feira (7), as cotações recuavam pouco mais de 1 ponto nos principais contratos, com o novembro/19 US$ 9,15 e o março/20 a US$ 9,39 por bushel. 

Os próximos dias serão importantes para este mercado com focos entre as notícias de geopolítica - principalmente às ligadas à guerra comercial - e as questões de clima tanto para o Brasil, quanto para os Estados Unidos. 

"Nos EUA, as temperaturas caíram bem e continua o risco de geadas enquanto no Brasil chuvas e períodos de seca, dependendo da região, os quais podem influenciar nesta fase inicial da temporada", explica o consultor da Cerealpar e da AgroCulte, Steve Cachia.

Mais do que isso, o mercado se atenta ainda às especulações sobre a divulgação do novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta-feira, 10 de outubro. 

E é nesse dia também que começa a nova rodada de negociações entre China e Estados Unidos, pessoalmente, na capital americana. 

"Qualquer pressão sazonal maior esta semana tende a ser limitada devido à especulação positiva em relação a estes 2 fatores e o vies é para uma reação nas cotações futuras, especialmente se tiver confirmações de compras novas de soja americana pela China", completa Cachia.

Veja como fechou o mercado na última semana:

>> Soja: Preços sobem nos portos e Brasil fecha semana de bons negócios

Tags:
Por: Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário