Soja: 6ª feira tem leves variações na Bolsa de Chicago

Publicado em 15/11/2019 17:47
1689 exibições

LOGO nalogo

A Bolsa de Chicago encerrou a sessão para os futuros da soja com leves variações nesta sexta-feira (15). Os principais contratos registraram alta de até 1,25 pontos.

Janeiro/20 registrou alta de 1,25 - valendo U$ 9,18 por bushel, março/20 também aumentou 1,25 pontos - valendo U$ 9,30 por bushel, maio/20 subiu 1,0 ponto - valendo U$ 9,42 por bushel e julho/20 encerrou a semana com alta de 1,25 - valendo 1,25 por bushel. 

Nesta sexta-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou o novo boletim semanal de vendas para exportação. Dados do USDA indicam que os números ficaram dentro do esperado. Na semana encerrada em 7 de novembro, os EUA venderam 1.253,0 milhão de toneladas da oleaginosa, contra expectativas de de 800 mil a 1,4 milhão de toneladas. O total é 31% menor do que o da semana anterior, mas 5% maior do que a média das últimas quatro semanas. O principal destino da soja americana foi a China. 

Em toda a temporada 2019/20, os EUA já comprometeram 22.274,7 milhões de toneladas, mais do que no mesmo período do ano passado, quando eram 21,8 milhões. O USDA estima que as exportações americanas somem 48,31 milhões de toneladas. 

O mercado segue ávido por notícias, mas sem força para reagir ao que já conhece. Mais informações sobre a demanda da China nos EUA são as mais aguardadas pelos traders para movimentar os negócios. 

As negociações entre China e Estados Unidos continuam a acontecer, porém, as especulações são mais limitadas diante de tantas informações que não foram confirmadas nos últimos meses. 

Mercado Interno

Com o feriado da Proclamação da República sendo comemorado no Brasil nesta sexta-feira, 15 de novembro, não há negociações no mercado brasileiros. As cotações apresentadas no Notícias Agrícolas, portanto, referem-se a esta quinta-feira (14).

Tags:
Por: Virgínia Alves e Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário