Em dia de USDA, mercado da soja opera com estabilidade na Bolsa de Chicago nesta 3ª feira

Publicado em 10/12/2019 07:46 e atualizado em 10/12/2019 10:14
1037 exibições
Traders esperam boletim neutro, com poucas mudanças e impacto limitado nos preços

LOGO nalogo

O mercado da soja opera com estabilidade na Bolsa de Chicago na manhã desta segunda-feira (10). Os traders mantêm-se na defensiva e atuando com cautela à espera dos novos números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), os quais serão reportados hoje. 

O novo boletim mensal de oferta e demanda será divulgado às 14h (horário de Brasília), porém, não são esperadas grandes mudanças. As expectativas do mercado são para um relatório neutro e com impacto limitado sobre as cotações. 

Ainda assim, o mercado, como explica Todd Hultman, analista do portal DTN The Progressive Farmer, se questiona "quando o USDA irá contabilizar os problemas que têm sido visto nos campos, principalmente de milho?". E completa dizendo que não acredita que as mudanças cheguem nesta terça. 

Leia mais e veja as expectativas completas:

>> USDA: Boletim de dezembro, segundo analistas, deverá chegar com poucas e tímidas mudanças

Dessa forma, por volta de 7h30 (horário de Brasília), a soja subia de 0,25 a 0,50 ponto nos principais contratos, levando o janeiro a US$ 8,97 e o maio a US$ 9,26 por bushel. 

"Apesar da recente tendência altista de curto prazo, o mercado deve ficar mais lento hoje, pelo menos até a divulgação do tradicional relatório do USDA de Oferta e Demanda Mundial. É provavel que o comportamento predominante do dia seja determinado pelos números a serem publicados daqui a pouco", diz o consultor da AgroCulte e da Cerealpar, Steve Cachia.

Veja como fechou o mercado nesta terça-feira:

>> Soja: Mercado fecha com boas altas em Chicago nesta 2ª e favorece preços nos portos do BR  

Tags:
Por: Carla Mendes| [email protected]
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário