Colheita de soja 2019/20 do Brasil vai a 1,8% da área, puxada por MT, diz AgRural

Publicado em 20/01/2020 12:11 e atualizado em 20/01/2020 15:06
479 exibições

LOGO REUTERS

SÃO PAULO (Reuters) - A colheita de soja do Brasil na safra 2019/20 atingia 1,8% da área plantada até a última quinta-feira, impulsionada principalmente pelos trabalhos em Mato Grosso, informou a consultoria AgRural nesta segunda-feira.

O principal Estado produtor da oleaginosa segue isolado à frente de outros regiões em que foram verificadas áreas pontuais de início de colheita, como Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas Gerais, segundo nota da AgRural.

A consultoria espera que o ritmo dos trabalhos em Mato Grosso acelere nesta segunda quinzena de janeiro, embora chuvas previstas para o Estado possam dificultar as atividades das máquinas.

"Até o momento, porém, não há queixas sobre qualidade e os relatos de produtividade reforçam a expectativa de grande safra", disse a consultoria em comunicado.

Nos demais Estado, a colheita deve ganhar ritmo a partir de fevereiro, devido ao atraso no plantio.

O Rio Grande do Sul, que recentemente gerou preocupações devido ao tempo quente e seco, teve as perdas da soja interrompidas por boas chuvas na semana passada, mas ainda assim o potencial produtivo do Estado permanece prejudicado pela estiagem registrada em dezembro, disse a AgRural.

Já na área que abrange Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, conhecida como Matopiba, "as chuvas foram irregulares na semana passada, mas o solo ainda tem umidade e as previsões mostram bons volumes de chuva nos últimos dez dias de janeiro", acrescentou a consultoria.

A atual previsão da AgRural para a safra 2019/20 de soja do Brasil é de 123,9 milhões de toneladas.

(Por Gabriel Araujo)

Tags:
Fonte: Reuters

0 comentário