Soja: Mercado sobe nesta sexta-feira 13, após consecutivas e intensas baixas em Chicago

Publicado em 13/03/2020 08:30 e atualizado em 13/03/2020 14:00 1958 exibições

LOGO nalogo

Sexta-feira 13 de ajustes para o mercado da soja na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta de 8h (horário de Brasília), as cotações subiam pouco mais de 7 pontos entre os principais vencimentos, com o maio sendo cotado a US$ 8,67 no maio e US$ 8,73 por bushel. 

O mercado sobe com um movimento de recuperação técnica depois de intensas e consecutivas baixas observadas durante toda a semana. 

"Hoje é sexta-feira 13, o fim de uma semana dramática. Limites de baixa nas bolsas de valores, dólar no 5 por 1, Chicago despencando e coronavírus agora assustando as Américas. Nestes momentos de crise, não há muito o que se pode comentar, porque o comportamento da massa é que prevalece e não os fundamentos", afirma o consultor de mercado Steve Cachia, consultor da AgroCulte e da Cerealpar. 

Ainda assim, como explica o executivo, os movimentos de recuperação podem ser frágeis, principalmente diante do final de semana e do fato de a Bolsa de Chicago ter anunciado que fechará o piso de negociações a partir desta sexta após o fechamento do mercado. 

"A decisão foi tomada por precaução frente a dissipação do COVID-19 em toda a região de Chicago", informou a consultoria ARC Mercosul.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> "Aproveite as oportunidades e vá vendendo sua soja", diz analista sobre vantagem do dólar para o Brasil

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário