Soja: oleaginosa em queda na abertura da bolsa de Chicago

Publicado em 01/05/2020 08:48 e atualizado em 01/05/2020 16:46 444 exibições
Apesar da retração, houve alta de 1,5% até agora na semana, maior ganho por semana desde o fim de março

LOGO nalogo

O mercado da soja abriu com dados no vermelho nesta manhã de sexta-feira (1) na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta de 08h26 (horário de Brasília), caíram até -7,50 pontos nos principais contratos, com o maio valendo US$ 8,42 e o agosto, US$ 8,49 por bushel. 

O contrato de julho apresentou queda de -6,25 pontos, com valor de US$ 8,49 por bushel, e de novembro, retração de -4,75 pontos, US$ 8,53 por bushel. 

Segundo informações da Reuters, os contratos futuros de soja nos Estados Unidos caíram na sexta-feira (1), após atingir o máximo de uma semana na sessão anterior, embora a oleaginosa esteja pronta para seu maior ganho semanal em cinco, devido a sinais de forte demanda da China.

Apesar da queda, a soja subiu 1,5% até agora nesta semana, o que seria o maior ganho semanal desde o final de março. Analistas disseram que as recentes compras chinesas estão estimulando o sentimento do mercado, mas alertaram que os ganhos podem durar pouco.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> China compra de 17 a 18 navios de soja dos EUA e Chicago fecha com mais de 2% de alta

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário