Soja tem novo dia de altas na Bolsa de Chicago nesta 6ª feira com perspectivas sobre demanda

Publicado em 08/05/2020 08:06 e atualizado em 08/05/2020 10:41 3376 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja na Bolsa de Chicago registra um novo dia de altas para os preços nesta manhã de sexta-feira (8). Os futuros da oleaginosa, por volta de 7h50 (horário de Brasília), subiam pouco mais de 4 pontos nas posições mais negociadas. O julho era cotado a US$ 8,48 por bushel e o agosto, US$ 8,49. 

Os traders seguem muito atentos às perspectivas de uma melhor demanda pela soja norte-americana, principalmente por parte da China. A disponibilidade de oferta no Brasil é bastante apertada e também é considerada pelo mercado. 

"O mercado internacional de soja aguarda notícias de novas compras de soja americana pela China, apesar da tensão comercial EUA/China. Enquanto isso, devem começar os ajustes de posições à espera do relatório USDA de terça-feira, dia 12", explica Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar. 

E para o boletim se espera, como explica Cachia, uma redução na estimativa da produção brasileira e também argentina. Ademais, ainda é esperada uma redução nos estoques norte-americanos da oleaginosa, bem como um aumento forte nos estoques de milho. 

"A deterioração da demanda doméstica pelo milho nos Estados Unidos tem aumentando a disponibilidade da commodity para embarque de curto-prazo. Entretanto, a ARC lembra que a qualidade da safra norte-americana será um limitador de altas em Chicago, especialmente com um plantio de milho que deverá atingir os 85% de toda área até o dia 15 de Maio. E vale lembrar que em 2019 o plantio do grão atingiu o mesmo patamar apenas no dia 7 de junho", afirmam os diretores da ARC Mercosul.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Chicago e dólar em alta levam cotações da soja no Brasil a alcançar novo recorde

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário