Soja em Chicago dá continuidade às baixas, mas de forma mais limitada nesta 6ª feira

Publicado em 22/05/2020 08:16 e atualizado em 22/05/2020 17:01 2202 exibições

LOGO nalogo

Embora de forma um pouco mais limitada do que na sessão anterior, o mercado da soja segue operando em campo negativo na Bolsa de Chicago nesta sexta-feira (22). Os futuros da oleaginosa, por volta de 7h50 (horário de Brasília), caíam entre 2,50 e 3,50 pontos, com o julho sendo cotado a US$ 8,31 e o agosto, US$ 8,35. 

No pregão de ontem, as cotações da soja perderam mais de 1% e testaram suas mínimas em duas semanas, pressionadas pelas novas tensões entre China e Estados Unidos. E os traders continuam acompanhando os desdobramentos das últimas declarações e quais os impactos deverão ser sentidos na demanda da nação asiática pelo produto norte-americano. 

"Os mercados de grãos continuam monitorando as últimas e renovadas tensões entre China e EUA, enquanto ainda mantêm os olhos focados nas previsões climáticas mundiais. O volume de negócios pode ser um pouco mais leve, com pequenos ajustes de posições antes do final de semana prolongado", dizem os analistas da consultoria internacional Allendale, Inc. 

Na próxima segunda-feira, o mercado não opera nos EUA em função do feriado do Memorial Day. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Soja: Nova escalada nas tensões entre China e EUA pressiona e Chicago fecha com mais de 1% de queda

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário