Soja: Mercado em Chicago sem força nesta 5ª feira, ainda caminhando de lado

Publicado em 25/06/2020 08:02 783 exibições

LOGO nalogo

No pregão desta quinta-feira (25) na Bolsa de Chicago dá continuidade às pequenas baixas entre os futuros da soja. Por volta de 8h05 (horário de Brasília), as posições mais negociadas perdiam entre 2,25 e 3,25 pontos, levando o julho a US$ 8,68 e o novembro, US$ 8,66 por bushel. 

O mercado segue sem força e sem direção. Apesar de já conhecer a necessidade de demanda da China nos EUA, a informação - incluindo as relações conturbadas entre chineses e americanos - já não impacta o andamento dos preços de forma significativa. 

No paralelo, atenção às questões climáticas nos EUA. Até este momento, não há sérias ameaças à safra 2020/21, porém, o cenário continua sendo continuamente monitorado. 

"O padrão com chuvas regulares e espaçadas por dias de luminosidade presente continua sendo oferecido para toda a América do Norte, até o fim da primeira semana de Julho (...) A próxima rodada de chuvas acontecerá nesta sexta-feira, devendo durar todo o fim de semana", explicam os especialistas da ARC Mercosul.

Ainda nesta quinta, o mercado espera também pelo novo boletim semanal de vendas semanais para exportação. E os números poderiam mexer com o mercado a depender de sua intensidade. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Prêmios da soja brasileira caem com alta forte do dólar e demanda concentrada nos EUA 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário