Soja inicia semana acompanhando pessimismo do financeiro global e recua nesta 2ª na CBOT

Publicado em 26/10/2020 07:37 3253 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja opera com leves baixas na manhã desta segunda-feira (26), com perda de pouco mais de 2 pontos nos principais vencimentos. Perto de 7h40 (horário de Brasília), o contrato novembro valia US$ 10,81 e o maio, US$ 10,59 por bushel. 

O início de semana é negativo para as demais commodities, não só as agrícolas, que acompanham certo pessimismo no mercado financeiro em função da segunda onda de Covid-19 na Europa. O petróleo em Nova York perde quase 2%, levando o barril do WTI a US$ 39,11. 

"Sem notícias mais contundentes em relação à vacina Covid-19, investidores se protegem neste final de mês, alguns como no caso dos commodities agrícolas como forma de garantir lucros", explica Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar e da TradeHelp.

Ainda assim, o tom positivo no mercado da soja permanece. Os fundamentos permanecem altistas, principalmente no front da demanda. Do lado do clima no Brasil, as previsões seguem sinalizando uma melhora consistente das chuvas permitindo um avanço do plantio nos principais estados produtores. 

"Aliado ao pessimismo generalizado do mercado financeiro, comentários de chuvas em bom volumes em algumas áreas de soja e milho do Brasil e perspectivas de melhora no clima na Argentina devem tentar dificultar novas altas", conclui Cachia.

Veja como fechou o mercado na última sexta-feira (23):

+ Carlos Cogo projeta preços médios para soja na safra 20/21 até 12% maiores no Sul e 15,5% superiores no Cerrado

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário